Festival F – Uma cataplana algarvia de sensações artísticas

festival f
Esta noite cheguei a casa de madrugada e poucas horas estive na cama antes das filhotas, simpaticamente, virem acordar os pais para lhes darem o pequeno-almoço e ligarem a televisão da sala. Cumpridas as primeiras tarefas domésticas do dia, foi tempo de me meter ao trabalho para terminar mais uma edição semanal da Revista Algarve Informativo, faltava traduzir para alguns milhares de caracteres as múltiplas sensações vividas em mais um Festival F, que arrancou na noite de sexta-feira, dia 2 de setembro, na Vila Adentro, centro histórico da capital algarvia.

O Festival F assume-se como o último grande festival de Verão, é assim que é promovido em termos de marketing, e que bela maneira de fazer a transição de um agosto escaldante para um setembro marcado pelo regresso à normalidade das famílias, com o início de mais um ano letivo dos filhos, e dos próprios trabalhadores, terminado que está o merecido período de férias. E o Festival F é, sem sombra de dúvidas, e sem quaisquer bairrismos, um dos melhores festivais de música de Portugal, um sucesso confirmado logo na segunda edição, em 2015, e que este ano volta a superar as expetativas, a ver pela multidão humana que encheu por completo a Cidade Velha de Faro.

Verdade seja dita que não tem um cartaz internacional como os festivais de Verão mais mediáticos, mas esses existem há muito mais tempo, com patrocinadores cheios de dinheiro para pagar estrelas mundiais do pop/rock e da cena eletrónica, e com recintos que albergam várias dezenas de milhares de espetadores para rentabilizar o investimento. Mas o Festival F também não pretende ser assim, conforme refere insistentemente a organização, nomeadamente a Câmara Municipal de Faro. É um festival para as famílias trazerem os filhos, apreciarem música de excelente qualidade de diversas sonoridades, comerem descansadamente nos espaços de street food, adquirirem artesanato de autor, verem exposições de artes plásticas, assistirem a curtas-metragens, participarem em tertúlias.

Bem ao jeito algarvio, o Festival F é uma verdadeira cataplana de sensações artísticas, onde a música é o ingrediente principal, como a carne e o peixe são nas cataplanas reais, mas depois condimentada com uma série de ingredientes, nas medidas exatas, diria perfeitas, para criar um produto a que é difícil ficar alheio, até mesmo resistir. Uma cataplana artística para saborear num cenário único no país, quiçá no mundo, com a beleza natural da Ria Formosa e o património cultural, histórico e arquitetónico da Vila Adentro. Portanto, não ficamos surpreendidos ao ver as ruelas e largos da Cidade Velha repletas de gente, as Muralhas e a Sé de Faro completamente preenchidas de corpos humanos, assim como os claustros do Museu Municipal e o espaço do Quintalão e do Castelo.

Não há estrelas internacionais, mas também não fazem falta, temos os craques da música portuguesa e esses não ficam atrás de ninguém, assim haja orgulho no produto nacional, na traça lusitana, na língua de Camões. E orgulho nos nossos centros históricos que, bem cuidados, requalificados, adaptados aos tempos modernos, são palcos extraordinários para eventos culturais desta natureza. Um espaço físico que não comporta algumas dezenas de milhares de pessoas em frente ao palco, mas será que, dessa forma, se desfruta melhor dos espetáculos?

Acredito que não, daí não perder, por nada deste mundo, o Festival F. Pena é que, por motivos profissionais, não possa ir os dois dias, mas isso é sinal de que o Algarve não se resume ao mês de agosto e de que há eventos culturais a acontecer ao longo de todo o ano, do extremo do sotavento à ponta de Sagres. Portanto, o corpo está cansado enquanto escrevinho uns milhares de caracteres para terminar mais um número da revista Algarve Informativo, mas a alma sorri enquanto recorda os momentos desta noite incrível. Longa vida ao Festival F e parabéns a quem teve a ousadia, a quem cometeu a loucura de criar um festival de Verão à altura da grandeza do Algarve e das suas gentes.

Daniel Pina

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s