Os tropeções do costume no regresso às aulas

entrega-manuais-escolares
Pois é verdade. As férias para os graúdos já tinham terminado há umas semanas, agora é a vez dos mais pequenos regressarem à sua labuta diária, que é como quem diz, voltarem aos bancos das escolas. Um arranque de ano letivo que, como é normal, e até seria estranho se assim não acontecesse, está a ser pautado pelos tropeções do costume.

Com início marcado para 9 de setembro no que diz respeito ao primeiro ciclo, muitos se queixaram de imediato que era demasiado cedo, já para não falar nas férias de Natal que, pelos vistos, este ano vão dar muitas dores de cabeça aos pais portugueses. Mas o dia 9 já passou e, pasme-se, aulas nem vê-las. Aliás, as informações que me deram, já que a minha filhota mais velha entra este ano para a primária, é que as aulas de apresentação aconteceriam a 15 de setembro, restando esperar para ver se as aulas normais arrancam logo no dia seguinte (sexta-feira), ou se apenas na segunda-feira, 19 de setembro.

Se tal se concretizar, o 9 de setembro transforma-se, num ápice, em 16 de setembro, ou seja, uma semana após a data inicialmente avançada por quem nos governa – bem ou mal é questão de perspetiva. Apesar disso, o Ministro da Educação continua a dizer que estão reunidas todas as condições para um arranque de ano letivo dentro da normalidade. Muito me admirava ele se dissesse o contrário. Do outro lado da barricada, os responsáveis sindicais não são meigos nas palavras, avançam com números alarmantes de professores que não foram colocados, que vão ficar no desemprego, ou com umas parcas horas de atividades extracurriculares.

Ao mesmo tempo, muitos docentes assumem a vontade de deixar de dar aulas, estão completamente esgotados, numa constante pilha de nervos. Nada de admirar, infelizmente, pois passam os dias com crianças e jovens cada vez mais rebeldes e de língua afiada, sem qualquer respeito pela autoridade, de escassos valores cívicos. Já para não falar das múltiplas tarefas administrativas que lhes colocam no colo, papelada sem fim para tratar e que consome mais tempo do que o ato de ensinar, de transmitir conhecimentos às novas gerações.

Enquanto isso, os pais andam numa roda-viva, não sabem quando é que começam as aulas, não sabem onde deixar os filhos enquanto vão trabalhar, não se entendem com o material escolar que é preciso comprar. O governo oferece os manuais escolares aos alunos do 1.º ano do 1.º ciclo, mas há muito mais onde gastar dinheiro. Por isso, a generalidade das autarquias decidiu oferecer os livros aos alunos dos restantes anos do 1.º ciclo, assim como as fichas escolares e outros materiais de consumo.

O português, como é habitual, em vez de agradecer e bater palmas, divide-se nas suas opiniões. Uns tecem elogios aos presidentes de câmara por gastarem milhares de euros, e são mesmo muitos milhares de euros, a ajudar as famílias no sempre complicado início de ano letivo. Outros atacam os presidentes de câmara por estarem já em campanha eleitoral, já que as Autárquicas acontecem em 2017 e há que conquistar a simpatia dos munícipes.

O mesmo de sempre. Se não ajudam, são acusados de desperdiçarem o erário público em viagens, luxos, festas e obras sem sentido. Se ajudam, são acusados de oportunistas, de estarem a aproveitar-se das crianças para ganhar votos. Vá-se lá entender a mentalidade dos portugueses. Eu, como não ligo muito à política, nem tenho partido, prefiro agradecer à Câmara Municipal de Loulé por oferecer os manuais escolares à minha filhota. É dinheiro que se poupa e, não esquecer, tempo que não se perde de livraria em livraria, de papelaria em papelaria, quase como se andássemos à caça de um tesouro perdido, neste caso, dos manuais esgotados.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s